DOE

“Catraca Livre” recebeu 1,1 milhão de reais via lei Rouanet e pode receber mais 2,2 milhões

O “Catraca Livre”, portal de esquerda criado por Gilberto Dimenstein e que tem como lemas “comunicar para empoderar” e “conviva melhor com menos dinheiro”, recebeu R$ 1,1 milhão dos pagadores de impostos brasileiros por meio da Lei Rouanet durante o governo Dilma Rousseff e pode receber mais R$ 2,2 milhões por meio da lei em 2017.

De acordo com o Salic.net, portal de informações do Ministério da Cultura sobre os projetos financiados pela Lei Rouanet, a empresa “Catraca Livre Portal e Comunicação Ltda” teve R$ 4.253.148,16 aprovados para captação por meio da lei, em três projetos, todos durante o governo Dilma Rousseff: “Projeto Catraca Livre”, “Catraca Livre 2015” e “Estação Catraca Livre”. O site esquerdista, entretanto, captou efetivamente R$ 1.100.000,00 do dinheiro dos pagadores de impostos até o momento.

O primeiro projeto, “Projeto Catraca Livre”, foi criado única e exclusivamente para financiar o site em 2014, tendo R$ 736.560,00 aprovados para captação pelo governo Dilma e R$ 700.000,00 efetivamente captados. Os principais destinadores do dinheiro tomado dos pagadores de impostos foram o Banco Itaucard (R$ 400.000,00) e duas concessionárias de rodovias paulistas: a Viaoeste S.A. e a Bandeirantes S/A (R$ 150.000,00 cada).

“Projeto Catraca Livre”, 2014: foram R$ 700 mil dos pagadores de impostos destinados ao site. Fonte: Salic.Net

O segundo projeto, “Catraca Livre 2015”, também foi criado única e exclusivamente para financiar o site em 2015 e 2016, tendo R$ 1.286.228,16 aprovados para captação pelo governo Dilma e R$ 400.000,00 efetivamente captados. Novamente, o Banco Itaucard destinou R$ 400.000,00 do dinheiro dos pagadores de impostos para o site, sendo dessa vez o único apoiador.

“Catraca Livre 2015”: mais R$ 400 mil dos pagadores de impostos destinados ao site. Fonte: Salic.Net

Por fim, o site aprovou um terceiro projeto, o “Estação Catraca Livre”, que “tem o objetivo de apresentar ao grande público bandas e artistas do circuito instrumental independente nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte”. O projeto teve R$ 2.230.360,00 aprovados para captação em 2016, entretanto, nenhum valor foi efetivamente captado até o final do ano passado. O governo Temer, entretanto, prorrogou o prazo de captação esse ano.

“Estação Catraca Livre”: site quer fazer projeto cultural para captar mais R$ 2,2 milhões dos pagadores de impostos. Fonte: Salic.Net

De acordo com os dados disponíveis no site da Receita Federal, a “Catraca Livre Portal e Comunicação Ltda.” possui um capital social de R$ 597.250,00 e tem como sócios-administradores Marcos Dimenstein, filho de Gilberto Dimenstein, e Lia Roitburd. Outros sócios do site incluem: Gabriel Dimenstein (também filho de Gilberto Dimenstein), Erika Cristina Domingues Vieira (produtora do documentário “É Preciso não Ter Medo – Relatos de Carlos Marighella“), Alexandre de Maio (idealizador e fundador da Revista Rap Brasil, também escreve para outro portal de esquerda, a “Agência Pública”, ligada a Leonardo Sakamoto e financiada por George Soros) e a empresa “Cidade Aberta Administradora de Empreendimentos Sociais Ltda”, que têm como sócios Gilberto Dimenstein e seus dois filhos.

Capital social e listagem de sócios do Catraca Livre. Fonte: Receita Federal
Capital social e listagem de sócios da empresa “Cidade Aberta Administradora de Empreendimentos Sociais Ltda”, sócia do Catraca Livre. Fonte: Receita Federal

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!