DOE

Como a iniciativa privada reduziu os suicídios na Coreia do Sul

A ponte Mapo, na cidade de Seul, capital da Coreia do Sul, era um dos pontos onde mais pessoas cometiam suicídios no país. Em apenas cinco anos, foram 108 pessoas que se jogaram da ponte, que levaram inclusive o governo a pensar em fechar a ponte. A iniciativa privada, entretanto, teve uma ideia melhor e mais eficiente – como sempre – para mudar esse panorama.
A seguradora Samsumg, com a ajuda de psicólogos, transformou a ponte ao colocar imagens e mensagens ligadas por meio de sensores, a fim de demover as pessoas da ideia do suicídio. Assim, ao andarem pela ponte, mensagens como “vá ver as pessoas de quem você sente saudade”, “os melhores momentos da sua vida ainda estão por vir” e “como você gostaria de ser lembrado?” são apresentadas. A ponte da morte se transformou na “Ponte da Vida”.

O resultado foi uma queda de 85% no número de suicídios e um novo ponto turístico para a cidade.

Com informações da Exame e da Creativity

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!