DOE

Correios já chegou a ter um chefe para cada dois servidores e 9 mil de licença-médica

Segundo informações divulgadas exclusivamente pelo Jornal O Globo em 2011, os Correios chegou a ter um funcionário comissionado (em cargo de chefia) para cada dois servidores. Também, haviam 9 mil funcionários afastados por licença-médica e outros 4,5 mil aposentados por invalidez. A estatal não divulga esses dados para o público e essas informações são uma verdadeira caixa-preta.

Isso pode explicar o balanço divulgado pelos Correios em 2015 que mostrou prejuízo de R$ 2,1 bilhões. E além desse prejuízo financeiro, a estatal sofre também com um rombo de R$ 5 bilhões no fundo de pensão da empresa, o Postalis. E esse rombo será pago parcialmente pelos próprios funcionários e o restante provavelmente pela população brasileira através de aportes do tesouro nacional.

Há tantos problemas de gestão dentro da estatal que ir contra a privatização dos Correios já não é motivo ideológico e sim mau-carácter.

 

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!