DOE

Correios têm prejuízo de quase 500 milhões em 2 meses e estuda demitir 25 mil funcionários

Com prejuízo de quase R$ 500 milhões nos dois primeiros meses de 2017, além de R$ 4 bilhões de prejuízo acumulado em 2015 e 2016 e um fracassado plano de demissão voluntária que atraiu apenas 5.500 funcionários, a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) estuda efetuar entre 20 mil e 25 mil demissões para equilibrar as despesas operacionais e dar sustentabilidade à empresa que detém o monopólio dos serviços postais brasileiros.

A medida seria tomada com base no artigo 173 da Constituição, que permite adotar em empresas estatais o regime jurídico de empresas privadas, além de brechas na CLT, alegando que a ausência de demissões pode colapsar a estatal. A folha de pagamento da empresa aumentou de R$ 3 bilhões para R$ 7,5 bilhões entre 2006 e 2015, fazendo com que os custos trabalhistas subissem de 49% para 62% dos gastos totais. No mesmo período, o “tráfego de objetos” caiu de 8,6 bilhões para 8,2 bilhões por ano e o nível de produtividade diminuiu de 80 para 70 objetos por trabalhador. A estatal tem cerca de 117 mil empregados atualmente.

A cúpula da ECT também anunciou recentemente que os funcionários só poderão tirar férias em 2018, uma forma de economizar com o adicional de 70% de férias garantido pelo acordo coletivo da categoria (normalmente é um 33%).

Caso os Correios sejam bem sucedidos ao efetuar as demissões, a lógica também pode ser utilizada por outras estatais em crise para flexibilizar a estabilidade dos trabalhadores concursados, que atualmente só podem sair voluntariamente ou por justa causa após processo disciplinar.

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!