DOE

Crise na mídia: jornais e revistas têm a maior queda de vendas da história em 2016

O mercado editorial brasileiro está em crise. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que o segmento Livros, Jornais, Revistas e Papelarias foi o que sofreu mais queda na Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), provavelmente graças ao avanço da Internet.

O setor editorial teve recuo de 16,1% nas vendas em relação ao ano de 2015. De acordo com a pesquisa do IBGE, trata-se da “mais acentuada queda da série histórica”.

Apenas a circulação média dos cinco maiores jornais do Brasil teve retração de 6% em 2016 na comparação com o ano anterior. De acordo com o Instituto Verificador de Comunicação (IVC), as médias mensais da circulação de Folha de S.Paulo, O Globo, Super Notícia e o Estado de S.Paulo caíram no último ano. A exceção foi o Zero Hora, quinto maior jornal do país, que ampliou ligeiramente média mensal de circulação de 197 mil exemplares em 2015 para 200 mil no ano passado.

Sustentando o título de maior jornal do País, a Folha teve recuo de 7,8% em sua circulação média. Na vice-liderança, a circulação do O Globo caiu 2,9%. O mineiro Super Notícia teve queda de 12,6% na média mensal de circulação de 2016 e o Estadão caiu 8,4%.

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!