DOE

A cronologia do picadeiro: como o STF se transformou num circo para salvar Renan Calheiros

Aos poucos vamos descobrindo os podres por trás da decisão do plenário do STF que rasgou a Constituição para salvar Renan Calheiros:

– A ideia de Renan Calheiros ignorar a liminar emitida por Marco Aurélio Mello foi orientada por um ministro do próprio STF por telefone. Tenho uma leve impressão que seja o mesmo ministro que não votou porque está no exterior e que atacou publicamente Marco Aurélio Mello pela imprensa.

– Aliás, esse ministro iria voltar às pressas ao Brasil para participar da votação, mas mudou de ideia na terça-feira com uma desculpa esfarrapada. Por que será?

– Na mesma terça-feira, o presidente Michel Temer se empenhou pessoalmente para buscar uma “solução alternativa” para Renan Calheiros junto ao STF, em conjunto com as “cúpulas do Senado, do PMDB e do PSDB, ex-ministros do STF, e os ex-presidente da República José Sarney e Fernando Henrique Cardoso”.

– Ainda na terça-feira, um repórter do UOL já sabia que Celso de Mello iria votar antes no processo (normalmente, Celso é o penúltimo a votar no plenário), a favor de Renan, e também sabia o voto dos ministros que iriam acompanhar a tese. Coincidência?

– Carmen Lúcia, presidente do STF, se reuniu com o petista Jorge Viana, 1° vice-presidente do Senado, e com o presidente do PSDB, Aécio Neves, para costurar o acordão. E pediu a um senador que “a ajudasse a pacificar a casa” porque “se tirar o Renan daquela cadeira, o governo de Michel Temer acaba”.

Resumindo: a sessão do STF de ontem não passou de um espetáculo circense com picadeiro montado entre segunda e quarta-feira para manter Renan Calheiros no poder.

E ainda tem gente dizendo por aí que a decisão do STF “respeitou a separação entre os poderes e a Constituição”.

Não é o que parece.

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!