DOE

Deputada cearense quer censurar e multar pessoas que ironizem religiōes

Uma proposta da deputada estadual do Ceará e também pastora Dra. Silvana (PMDB) prevê pesadas multas e até a impossibilidade de realizar eventos por cinco anos para manifestações artísticas que promovam a “satirização, ridicularização ou toda e qualquer forma de menosprezar dogmas e crenças de toda e qualquer religião”. Entre as punições previstas, está multa de até 100 mil UFIR-CE – valor hoje próximo a R$ 370 mil.

O projeto, que ainda tramita na Assembleia, inclui entre manifestações vedadas “encenações pejorativas, teatrais ou não, que façam menção a atributo ou objeto ligado a qualquer religião”. Estariam “banidas” ainda até mesmo charges humorísticas  que satirizem a crença alheia.

A justificativa da deputada pastora é que todos devem respeitar a religião alheia. A “nobre” deputada esquece que a liberdade de expressão é principio básico de uma sociedade livre.

Compartilhe nas redes sociais:

Mais Recentes

ILISP se reúne com Santo Antônio da Patrulha/RS para aumentar a Liberdade para Trabalhar
O ILISP se reuniu na última...
ILISP se reúne com Vice-prefeito de Sant’Ana do Livramento/RS para avançar a Liberdade para Trabalhar
O ILISP se reuniu na última...
ILISP se reúne com representantes de Videira/SC para avançar o projeto Liberdade para Trabalhar
O ILISP se reuniu nesta quinta-feira,...
Após atuação do ILISP, Indiaroba/SE aprova Lei de Liberdade Econômica
A cidade de Indiaroba, no estado...
ILISP vence prêmio de melhor projeto liberal da América Latina
O Instituto Liberal de São Paulo...
Boa Vista/RR se torna a capital mais livre para trabalhar do Brasil
A cidade de Boa Vista, capital...