DOE

Em nota oficial, Carta Capital admite ter recebido propina da Odebrecht

Em nota oficial divulgada no próprio site da Carta Capital, a revista admitiu que recebeu verbas da Odebrecht, empreiteira investigada pela operação Lava-jato, e justificou que não sabia sobre a origem do dinheiro. A revista mencionou que recebeu o adiantamento como forma de patrocínios e não como propina. No entanto, um dos patrocínios recebido pela revista, admitido pela própria revista, foi para fazer um evento com o economista Paul Krugman, que durante a palestra foi defender o governo do PT ao dizer que a economia brasileira ia muito bem, ao contrário do que dizia a maioria dos economistas na época. Um ano depois, o país mergulhou na maior recessão da história.

paul-krugman
Nota oficial da Carta Capital

Após o evento patrocinado pela Odebrecht, a revista ainda destacou a fala do economista Paul Krugman em uma matéria: “O brasil está se saindo muito bem”.

brasil-vai-bem

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!