Empresa privada cria casa que custa metade do Minha Casa Minha Vida do governo federal

A start-up de arquitetura e decoração Hometeka aposta em uma casa transportável, feita em módulos e montada em dez dias para inovar no mercado de construção. Um imóvel de 81 m², com dois dormitórios, um banheiro, cozinha, sala de estar e uma pequena varanda coberta sai por R$ 175 mil.

O metro quadrado sai por R$ 2.160, o que é pouco mais da metade de um imóvel do programa Minha Casa Minha Vida, do governo federal (R$ 4.000).

No preço, não estão incluídos a fundação da casa, que depende do terreno (pode custar em torno de R$ 10 mil), e o frete, que também varia de acordo com o local de instalação. Para a região Sudeste, é estimado em R$ 12 mil. A casa é pré-fabricada em Belo Horizonte (MG), onde fica a sede da empresa.

Ela pode ser transportada já montada, separada pelos módulos, que são unidos e recebem acabamento no local. Visualmente, parece muito com uma casa contêiner, porém, a diferença está nos materiais utilizados, explica o arquiteto Pedro Haruf, 30, um dos idealizadores.

“Os módulos são um pouco mais altos e largos do que um contêiner, o que influencia no conforto térmico. A estrutura é de aço, as paredes são de placas de cimento e de gesso. O chão também é de placas de cimento e o teto, de OSB, um painel estrutural de pedaços de madeira. O exterior da casa pode ser revestido com telhas de PVC, madeira ou outros materiais.”

Casa convencional é feita em seis meses
Uma casa de alvenaria construída de forma convencional pode levar cerca de seis meses para ficar pronta, segundo Carlos Borges, vice-presidente de tecnologia e qualidade do Secovi-SP (Sindicato da Habitação). Ele diz que os custos podem variar de acordo com o local, os materiais usados, entre outros.

“Uma obra do Minha Casa Minha Vida pode custar R$ 4.000 o m², de acordo com a região. Nesse projeto, o metro quadrado custa R$ 2.160, o que é um valor muito competitivo”, declara.

Casas pré-moldadas de dois dormitórios, com cerca de 70 m², em condomínios no litoral norte de São Paulo, são anunciadas em classificados por aproximadamente R$ 260 mil, o que dá um custo de R$ 3.714 o m². Segundo Borges, a construção com pré-moldados vale a pena em escala, principalmente devido ao ganho de tempo.

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!