DOE

ES: 87 mortos, explosivos roubados, polícia civil parada e manifestações contra greve da PM

O número de mortos no Espírito Santo durante a greve – disfarçada de “protesto dos familiares na porta dos batalhões” – da Polícia Militar já chega a 87 pessoas em 5 dias, um recorde na história do estado, de acordo com o Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo. Os PMs pedem reajuste salarial para a categoria, que é legalmente proibida de fazer greve.

Em mais um dos atos criminosos ocorridos durante a greve, cerca de 36 quilos de explosivos foram roubados de uma pedreira na Grande Vitória na madrugada dessa terça-feira (07), o que acendeu o alerta para possíveis casos de roubos a caixas eletrônicos na região. O material estava depositado em um galpão isolado em meio à pedreira.

Na mesma noite, um investigador da Polícia Civil de Vitória, Márcio Marcelo, morreu após tentar intervir no roubo de uma motocicleta na BR-259, em Colatina, região Noroeste do Estado. Márcio estava com um colega no momento em que viram a tentativa de assalto e ambos trocaram tiros com os bandidos, mas Márcio foi atingido no abdômen e não resistiu aos ferimentos. A morte do policial desencadeou uma paralisação de toda a Polícia Civil nesta quarta-feira (08), suspendendo o atendimento de ocorrências.

A greve da PM no estado também tem sido marcada por protestos da população. Um protesto de moradores em frente ao Quartel de Maruípe, em Vitória, teve momentos de tensão ontem (07). Soldados do Exército tiveram que atuar para liberar uma barricada armada pelos moradores que impedia o tráfego de veículos na via, evitar maiores provocações e dispersar algumas vezes os manifestantes com gás lacrimogêneo.

Soldados do Exército abordam motorista em meio a protesto contra greve da PM

Nessa quarta-feira (08) um grupo de manifestantes contrários à falta de segurança interrompeu o trânsito com pneus em chamas no quilômetro 335 da BR-101, em Guarapari, impedindo a entrada de pessoas no município.

 

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!