DOE

Estudantes impedem que esquerdistas invadam e “ocupem” escola no Paraná

Alunos de São Mateus do Sul, no sul do Paraná, contrários ao movimento de invasão de escolas coordenado pela esquerda, impediram a ocupação do Colégio Estadual São Mateus na quinta-feira (20). De acordo com a direção da escola, alguns alunos ficaram sabendo da possível invasão e se mobilizaram nas redes sociais para evitar que ocorresse. Eles também procuraram professores.

Uma professora convocou o grêmio estudantil e dois líderes do movimento de invasores, que se reuniram e decidiram fazer uma assembleia na quinta-feira com todos os estudantes. A maioria foi contrária à invasão e, com isso, foi assinada uma ata, com todos os participantes da reunião, que garantia que a escola não seria invadida. Mesmo assim, 15 esquerdistas desrespeitaram a decisão e tentaram invadir o local à noite, sendo contidos pelos alunos do período noturno.

A polícia foi chamada, para evitar confronto. Depois de 40 minutos, o grupo que queria invadir o prédio desistiu. Na manhã desta sexta-feira (21), um promotor da cidade participou de um reunião com a comunidade escolar e houve acordo, registrado em ata, de que não haverá invasão.

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!