DOE

Feminista denuncia “vítimas da sociedade” que assaltaram durante protesto pró-Dilma

Pequenos assaltos ocorreram na manifestação pró-Dilma na Avenida Paulista, nessa sexta-feira (10). Os assaltantes levaram câmeras fotográficas da equipes jornalísticas. Conforme o relato de Lola Aronovich, uma conhecida feminista de esquerda, as “vitimas da sociedade”, nesse dia, se “transformaram” em criminosos.

Lola é a mesma que em um post recente em seu blog disse que “perguntar se Champinha não seria também uma ‘vítima da sociedade’ não tira dele a responsabilidade do ato”. Champinha é o então menor de idade que estuprou por três dias seguidos, junto com comparsas, a menor Liana Bei Friedenbach (16 anos), a matando junto com o namorado, Felipe Silva Caffé (19 anos), em 2003.

image

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!