DOE

Gestão Doria faz patrocínio privado triplicar e Carnaval pode ter zero dinheiro público

Após se tornar um dos maiores eventos de São Paulo, o Carnaval de rua vai receber neste ano patrocínio recorde de R$ 15 milhões, o triplo do que foi investido pelo setor privado em logística, infraestrutura e segurança dos blocos paulistanos em 2016, fazendo com que a gestão do prefeito João Doria não tenha que desembolsar dinheiro dos pagadores de impostos para bancar o evento.

Ao todo, 495 blocos estão registrados na Prefeitura para desfilar pelas ruas da cidade, 62% a mais do que os 306 blocos do ano passado, o que deve fazer o número de foliões subir de 2 milhões, em 2016, para 3 milhões nesse ano.

“A gente acredita que, com esses R$ 15 milhões, o gasto da Prefeitura com o Carnaval de rua seja zero ou muito próximo de zero”, afirma o secretário da Cultura, André Sturm. No ano passado, o Carnaval de rua custou R$ 10,5 milhões para a Prefeitura, dos quais R$ 5 milhões foram bancados por patrocinadores. Na ocasião, o maior patrocínio foi da cerveja Amstel, que tinha exclusividade nas vendas pelos ambulantes cadastrados. Neste ano, será a cerveja Skol, da Ambev.

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!