DOE

Grupo de Cristina Kirchner racha e governo Macri pode ter maioria na Câmara

Menos de dois meses após a posse de Maurício Macri e faltando um mês para o retorno das atividades legislativas na Argentina, 12 deputados do bloco Frente para la Victoria (FPV), ligado a Cristina Kirchner, deixaram o bloco para se tornarem independentes e abriram espaço para apoiar o governo Macri. O governo espera que mais 6 deputados deixem o bloco ligado à ex-presidente socialista, bem como espera contar com o apoio do Bloco Renovador, de 35 deputados, a fim de conquistar a maioria na Câmara (129 deputados).
Dessa forma, um dos argumentos da esquerda, a de que Macri não teria capacidade de governar por ter minoria na Câmara, começa a desaparecer.

Com informações do La Nacion

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!