DOE

Grupo terrorista MST exige de Dilma veto à Lei Antiterrorismo

Em nota, o grupo terrorista MST argumentou que a lei antiterrorismo enviada ao Poder Executivo seria desnecessária e se somaria “às outras iniciativas de setores conservadores do Congresso Nacional que querem implementar uma escalada autoritária nas leis brasileiras”. Eles pedem que a presidente vete integralmente o projeto de lei 2016/2015 que tipificou o terrorismo.

A preocupação com possíveis ataques terroristas na Olimpíada do Rio de Janeiro, que ocorre este ano, pode explicar melhor a eminente aprovação da nova legislação para punir terroristas. O Brasil é um dos poucos países que não possui lei específica para punir esse tipo de crime, o que pode facilitar a vida de criminosos e manchar a imagem do país em eventos importantes.

Outra das motivações para proposta de lei foi a pressão de um organismo internacional do qual o Brasil é membro, o GAFI (sigla em francês para Grupo de Ação Financeira) que exige leis do tipo para acabar com lavagens de dinheiro que financiam o terrorismo no mundo todo. O não cumprimento das diretrizes do GAFI poderia levar à inclusão do Brasil em uma espécie de lista negra que indicaria “alto risco” nas transações financeiras do país.

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!