DOE

Hospitais estatais dispensam pacientes internados para liberar vagas para Olimpíadas

Em um cenário de caos, com um déficit de mais de 7000 leitos no Rio de Janeiro, os hospitais municipais estatais da cidade têm dado alta e dispensando até mesmo pacientes internados para liberar leitos para as Olimpíadas.

A fim de bloquear 135 leitos na rede municipal, diversas cirurgias foram desmarcadas, incluindo cirurgias de tumores, além de diversos pacientes que já estavam internados esperando cirurgia – muitas vezes há anos – e que receberam alta para serem internados novamente depois das Olimpíadas. Há mais de 21500 pacientes na fila de espera, aguardando pelo menos quatro anos, para realizar cirurgias no Rio de Janeiro.

É o estado atuando para não atender aqueles que pagam (caro) pelo SUS em prol de um evento esportivo bilionário pelo qual milhões de pessoas também foram obrigadas a pagar.

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!