DOE

Leilão da primeira edição de “O Capital”, de Karl Marx, irá refutar o marxismo

A primeira edição da obra “O Capital”, de Karl Marx (1818-1883), que leva a assinatura do autor e foi dada para seu amigo Johann Eccarius, será leiloada pela casa Bonham de Londres em 15 de junho. A peça tem um preço estimado de saída de entre 80 mil e 120 mil libras (US$ 115 mil e US$ 173 mil) e leva data de 18 de setembro de 1867, quatro dias depois da publicação do primeiro volume.

Ironicamente, o leilão irá refutar um dos pontos centrais da própria teoria marxista, na medida em que o valor da obra será definido pelo mercado (como apontado pelos escritos de Menger) utilizando diversos critérios – onde o trabalho é o menos relevante deles – e não pelo “burguês capitalista” explorando a “mais-valia” do próprio Karl Marx após a sua morte, como define a visão marxista. Não houve cálculo do “valor-trabalho” incorporado na obra e até o momento nenhum socialista criticou o “fetichismo” desta mercadoria.

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!