DOE

Macri acaba com o “almoço grátis” dos funcionários públicos na Casa Rosada

Em mais uma medida para reduzir as regalias estatais criadas pelo governo da esquerdista Cristina Kirchner, a Secretaria Geral da Presidência da Argentina criou um novo regulamento para a Casa Rosada, sede da presidência argentina: a partir de 22 de fevereiro, os funcionários do local terão a disposição, “gratuitamente”, apenas água, chá e café. Qualquer outra comida ou bebida deverá ser paga. A medida inclui o próprio presidente, Maurício Macri, e os ministros de estado.
A medida segue a linha adotada pelo governo Macri de gastar cada vez menos recursos dos pagadores de impostos com a estrutura estatal, como a viagem de Macri e sua comitiva ao Fórum de Davos, feita em avião comercial e com almoços nos restaurantes mais baratos da Suíça.

Com informações do La Nacion

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!