DOE

Macri aumenta limite de isenção e praticamente extingue o imposto de renda na Argentina

Em mais uma medida para reduzir o impacto do estado, o presidente da Argentina, Maurício Macri, anunciou hoje que o piso de isenção do imposto de renda no país passará de 15 mil pesos por mês (4 mil reais) para 30 mil pesos por mês (8 mil reais), sendo retroativo a 1° de janeiro. Com este aumento de 160% no piso, apenas 5% dos argentinos pagarão imposto de renda.

“Alguém que tenha um salário líquido de 21300 pesos passará a ganhar 26600 pesos”, exemplificou Macri. Dessa forma, o salário dos argentinos irá subir de forma significativa sem que seja necessário um amplo aumento no salário mínimo, como desejam os sindicatos do país.

Com informações do La Nación

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!