DOE

Macri fecha Museu da Casa Rosada para “desesquerdar” o acervo

A mais nova medida do governo Macri causou polêmica na Argentina: o presidente ordenou que o Museu da Casa Rosada, sede da presidência, fosse fechado por um mês para “desesquerdar” o acervo e torná-lo histórico ao invés de político.

O museu foi inaugurado há cinco anos pela ex-presidente socialista, Cristina Kirchner, e se tornou em uma homenagem ao próprio socialismo defendido pelos Kirchner, incluindo elementos que criticam os opositores como “parte da oligarquia”. O secretário geral da presidência e diretor do novo projeto do museu, Fernando De Andreis, informou que “peças partidárias” como uma camisa do Racing Club com a legenda “100% K”  e os mocassins que usava o ex-presidente Néstor Kirchner não farão mais parte do acervo.

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!