DOE

Motoristas reclamam de fila enorme para renovar autorização estatal para poder trabalhar

Ao contrário da iniciativa privada como o Uber, onde motoristas não precisam renovar ou pagar novas taxas para trabalhar, a prefeitura de São Paulo cria uma enorme burocracia para dificultar o trabalho dos motoristas. Primeiro, os taxistas ou motoristas de van precisam emitir uma certidão no DTP (Departamento de transportes públicos), pagar uma taxa de R$ 32,30 e aguardar 10 dias. Após adquirir o papel com carimbo estatal, eles precisam ir novamente ao DTP, pagar um nova taxa de R$ 32,30 e finalmente poderá trabalhar.

No entanto, além de ter que pagar e preencher todos os requisitos da burocracia estatal, os motoristas tem enfrentado um outro problema: uma enorme fila no DTP. Segundo o jornal Globo News, por volta de 5h30 desta terça (8), já haviam 119 pessoas aguardando atendimento. E muitos motoristas reclamam que são distribuídos apenas 300 senhas por dia e quem chega depois das 9h não consegue mais ser atendido.

Com informações de Globo News

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!