DOE

Novo plano econômico de Lula é semelhante ao pacote “anti-crise” de Maduro na Venezuela

A crise criada pelo excesso de intervenções estatais e aumento exacerbado nos gastos públicos parece não ter servido de lição para políticos de esquerda como Luis Inácio Lula da Silva (PT). Para o pré-candidato à Presidência da República e investigado pela Lava Jato, a solução para a crise brasileira é fazer exatamente o que a ex-presidente Dilma Rousseff fez em seu primeiro mandato e o que Maduro tem feito nos últimos anos na Venezuela: aumentar o salário mínimo e os valores dos programas assistencialistas do governo.

Lula defende que o Brasil precisa usar as reservas internacionais para um “Fundo de Desenvolvimento e Emprego”. Na Venezuela, segundo o jornal El Colombiano, as reservas internacionais chegaram a um dos níveis mais baixos nos últimos 25 anos graças a usos como esse. Maduro, em seu pacote “anti-crise”, gastou 32,94% das reservas desde 2015.

Sem controle dos gastos públicos e sem realizar nenhuma medida de austeridade, a Venezuela caminha para o verdadeiro caos econômico com inflação superior a 700% ao ano. Mas as consequências trágicas do socialismo na Venezuela não afetaram os planos petistas, nascidos na economia da Unicamp,de transformar o Brasil numa república bolivariana.

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!