DOE

Odebrecht irá delatar sítio de Lula em Atibaia, conversas com Dilma e até 50 políticos

A Odebrecht oficializou acordo com a Justiça e concordou em prestar informações sobre o sítio de Atibaia utilizado por Lula – e reformado pela empresa – bem como as conversas que seu presidente, Marcelo Odebrecht, teve com Dilma Rousseff, inicialmente negadas pela ex-presidente, apesar de constarem na agenda oficial do Planalto disponível na Internet. De acordo com as informações prestadas por Delcídio do Amaral, Dilma teria nomeado um magistrado para o STJ (Superior Tribunal de Justiça) apenas para votar a favor da liberação de Marcelo Odebrecht, detido desde o ano passado.

A empreiteira se comprometeu também a detalhar o financiamento de todas as campanhas majoritárias de anos recentes com as quais colaborou – como as de Dilma Rousseff a presidente da República e Michel Temer vice e a de Aécio Neves a presidente, em 2014. Ou seja, nenhum dos grandes partidos (PT, PSDB e PMDB) deve ser poupado. O termo assinado pela Odebrecht e pelos procuradores não define o número exato, mas até 50 políticos podem ser atingidos pela delação.

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!