DOE

ONU quer liberação do aborto para evitar que crianças nasçam com microcefalia

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos pediu nessa sexta que os abortos sejam liberados com urgência nos países mais atingidos pelo Zika virus, a fim de garantir que as crianças morram ao invés de nascerem doentes. O pedido foi feito na sede da ONU, na Suíça, e teve endereço certo: o Brasil.
De acordo com o alto-comissário Zeid Rad’ad Zeid Al-Hussein, “é urgente que as leis que restringem o acesso ao aborto sejam revistas em adequação com as obrigações dos direitos humanos”, a fim de “garantir o direito à saúde para todos.”
O alto-comissário não explicou como é possível defender os “direitos humanos” e a “saúde para todos” e ser a favor do assassinato de humanos em formação ao mesmo tempo.

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!