DOE

“Pobre não quer carro na porta”, afirma líder do sindicato que criou projeto anti-Uber (veja)

Em entrevista dada à TV Folha, Natalício Bezerra, presidente do Sindicato dos Taxistas de São Paulo (SINDITAXI-SP)  – cujo advogado é autor do PLC 28/2017 que extingue 99, Cabify e Uber no Brasil – afirmou que pobre “não vai querer carro na porta”, “tem que se conformar que é pobre” e “não pode nem tomar um táxi”.

De acordo com Natalício, a cidade de São Paulo já “tem táxi demais”. Falando sobre regiões periféricas da cidade, o sindicalista afirmou que “pobre só toma táxi quando a mulher vai dar a luz ou ele quebrou a perna” porque “o pobre não vai querer o que o rico tem”. Ainda de acordo com o sindicalista, “pobre não sabe nem o que é isto (Uber)”. Confira:

https://www.facebook.com/institutoliberaldesaopaulo/videos/2390161734542632/

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!