DOE

Receita Federal rouba 77 motos de motocross por não pagarem 100% de imposto

Neste domingo, dia 21, a segunda etapa da Copa Verão IMS de Motocross foi interrompida pela Operação Enduro. Cerca de 50 servidores da Receita Federal, Polícia Rodoviária e Polícia Federal buscavam motos suspeitas de descaminho ou adulteração de chassi e 77 foram apreendidas. As motocicletas estão avaliadas em cerca de 2 milhões de reais (média de R$ 26 mil por moto).

Entretanto, o único “crime” que os donos das motos cometeram foi o de não querem pagar o imposto de importação, o qual pode chegar a até 100% do valor da moto (ou seja, você é obrigado a pagar uma nova moto ao estado apenas por ter comprado a sua moto fora do país). Entenda mais sobre o caso:

Esse é o estado “incentivando” o esporte brasileiro.

Com informações da Globo.com

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!