DOE

Sem água potável, venezuelanos tomam banho e cozinham com água da chuva

Sem produtos básicos de higiene, sem garantia de que conseguem ir ao supermercado e comprar comida, sem fornecimento constante de energia elétrica e agora sem água potável. É assim que tem evoluído o “socialismo e liberdade” venezuelano, que já igualou 81% do país na pobreza.

Baldes, tubos, pratos, potes de sobremesas, todos têm sidos usados na região de Gran Valencia, Venezuela, para captar água da chuva e permitir que as pessoas tomem banho e cozinhem. O motivo? A água fornecida pela estatal Compañía Anónima Hidrológica del Centro (Hidrocentro) a 4,6 milhões de pessoas é tão ruim que possui “cheiro de esgoto”, além de estar disponível apenas duas vezes por semana.

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!