DOE

Sem imposto sindical, Sindicato dos Publicitários irá fechar as portas

O fim do imposto sindical – inovação trazida pela reforma trabalhista – já causa vítimas. Com uma despesa mensal de R$ 30 mil, o Sindicato dos Publicitários do Estado do Rio de Janeiro irá fechar as portas quando a contribuição se tornar facultativa.

A afirmação foi feita por Cleverson Valadão, Secretário de Finanças e diretor da entidade há mais de 20 anos. “Publicitários não se interessam em participar das atividades sindicais”, disse o dirigente. A área de atuação do sindicato, originalmente municipal, foi ampliada para todo o Estado do Rio de Janeiro a fim de evitar o surgimento de novos sindicatos municiais do setor.

Características do mercado de publicidade como elevado nível de terceirização e contratação dos profissionais melhor remunerados como Pessoas Jurídicas para fugir da CLT também não favorecem a existência do sindicato com contribuições voluntárias. Ainda assim, o sindicalista espera para que a entidade dure mais alguns meses: “aqui não esbanjamos com carros e viagens, e conseguimos guardar uma reserva”, informou.

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!