DOE

Senado transforma Dilma em ré e aprova avanço do processo de impeachment para etapa final

Por 59 votos a favor e 21 votos contrários, o Senado Federal tornou ré a presidente afastada Dilma Rousseff por quatro crimes de responsabilidade fiscal e aprovou o avanço do processo de impeachment para a sua última etapa. A sessão foi iniciada às 9h45 de ontem (09) e a votação do texto principal do relatório de impeachment foi concluída somente às 1h30 de hoje (10). Era necessária a maioria simples dos senadores presentes (41 votos) para que a aprovação acontecesse.

Para que Dilma seja definitivamente impedida, com o presidente interino Michel Temer assumindo a presidência de forma definitiva até 31 de dezembro de 2018, serão necessários os votos favoráveis de 54 dos 81 senadores na votação final, que deve ocorrer entre os dias 23 e 26 de agosto.

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!