DOE

Socialista aliado do PT dá golpe de estado e transforma Nicarágua em ditadura

Em mais uma medida que mostra o apreço dos socialistas pela democracia, o presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, utilizou o Tribunal Eleitoral do país para retirar os cargos de todos os deputados da oposição liberal, transformando o país numa ditadura de partido único.

O socialista bolivariano e ex-guerrilheiro Daniel Ortega é um dos principais aliados do PT na região, tendo inclusive declarado recentemente que o processo democrático de impeachment de Dilma Rousseff era “antidemocrático, colocando uma sombra sobre a seriedade das instituições do Brasil, onde a luta e a força do Partido dos Trabalhadores tem sido e continua sendo fundamental para assegurar a liberdade e a justiça”.

A sentença do tribunal ordenou à diretoria da Assembleia Nacional que retire os cargos dos deputados eleitos em 2011 pelo Partido Liberal Independente (PLI), liderado pelo líder da oposição Eduardo Montealegre.

Em 8 de junho, a Suprema Corte retirou de Montealegre a representação legal do partido, o impedindo que a oposição participe das eleições presidenciais de novembro, nas quais Ortega concorrerá como único candidato importante pela Frente Sandinista de Libertação Nacional (FSLN). A Corte entregou a representação do PLI a um político desconhecido aliado do governo, Pedro Reyes, que exigiu a obediência dos 20 deputados da oposição ao governo. Como isso não aconteceu, Reyes pediu ao Tribunal Eleitoral que todos os deputados da oposição fossem cassados, o que aconteceu no último dia 29.

O movimento Cidadãos pela Liberdade – que reúne os simpatizantes de Montealegre e os deputados opositores que perderam seus cargos – emitiu um comunicado no qual informou que “podem destituir todos nós e acabar com nosso partido, mas nunca o farão com nossa dignidade e princípios”.

O mais novo ditador latino-americano já colocou os filhos na presidência das principais estatais da Nicarágua, enriquecendo a família com a ajuda da enorme cooperação petrolífera com a igualmente socialista Venezuela, além de empregar a esposa, Rosario Murillo, como controladora de toda a administração pública.

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!