DOE

Supremo controlado por Maduro aprova estado de exceção e fim da liberdade na Venezuela

O Tribunal Superior de Justiça (TSJ, o Supremo Tribunal do país) da Venezuela, totalmente controlado pelo agora oficialmente ditador socialista Nicolás Maduro, validou ontem (19) o decreto de estado de exceção na Venezuela, permitindo que o ditador possa perseguir opositores (chamados de “golpistas” por Maduro) e governar sem a aprovação da Assembleia Nacional, controlada pela oposição, que havia vetado o decreto na semana passada.

“É um recurso que tenho como chefe de estado caso na Venezuela ocorram atos golpistas violentos e não duvidarei em adotá-lo, se necessário, para lutar pela paz e pela segurança do país”, disse Maduro após a validação do decreto pelo TSJ. A medida ocorre após os protestos realizados pela coalizão opositora Mesa da Unidade Democrática (MUD) em cerca de 20 cidades, que terminaram com ao menos 30 presos políticos em todo o país.

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!