Temer imita Venezuela e edita medida para importar dinheiro impresso no exterior

Em uma medida que significará aumento da inflação, o presidente Michel Temer editou a Medida Provisória 745/2016 hoje (16) para permitir que o Banco Central importe papel moeda e moeda metálica, ou seja, notas e moedas de real, fabricados fora do Brasil por fornecedores estrangeiros. De acordo com a medida, a intenção é “abastecer o meio circulante nacional”, na medida em que haveria “inviabilidade ou fundada incerteza quanto ao atendimento, pela Casa da Moeda do Brasil, da demanda por meio circulante ou do cronograma para seu abastecimento”, o que caracterizaria uma “situação de emergência”.

A medida é a mesma que o ditador socialista da Venezuela, Nicolás Maduro, adotou após a Casa da Moeda local não conseguir imprimir dinheiro suficiente para alimentar a ditadura venezuelana. No caso da Venezuela, a inflação causada pela impressão desenfreada de dinheiro feita pelo estado levou o governo a ficar sem dinheiro para pagar a impressão do próprio dinheiro no exterior.

A medida de Temer ainda precisa ser aprovada pela Câmara e pelo Senado, mas já possui força de lei.

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...
ILISP processa governo federal contra plano de R$ 250 milhões para distribuir cloroquina
O Instituto Liberal de São Paulo...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!