DOE

Vereadores da PB aumentam o próprio salário para R$ 15 mil e o povo joga esterco na câmara

Manifestantes espalharam cerca de 100 quilos de esterco no hall de entrada e na rampa de acesso ao plenário da Câmara Municipal de Vereadores de Campina Grande. O movimento, composto por estudantes, foi em protesto ao projeto aprovado na manhã de quarta-feira (14), que concedeu reajuste salarial de 26,3% nos salários dos parlamentares. Além de jogar esterco na casa legislativa, os estudantes gritaram palavras de ordem como ‘parasitas’ e pediram para que o projeto fosse revogado. Movimento contou com a participação de oito estudantes.

O estudante de direito Luiz Felipe Nunes acredita que a decisão dos parlamentares é um absurdo se for levado em consideração o atual cenário de crise econômica que vive o país. Luiz Felipe foi candidato a vereador em Campina Grande, pelo DEM, nas eleições deste ano, mas não obteve êxito. Outro manifestante, Deyvison André, também foi postulante ao cargo de vereador pelo PTN, mas também não obteve votos suficientes para se eleger. Mesmo sendo ex-candidatos, os dois disseram que o ato não tem cunho partidário.

O projeto de reajuste salarial e concessão de 13ª salário aos vereadores foi apresentado pela Mesa Diretora da Câmara e aprovado por 14 votos a zero. O primeiro reajustou os salários dos vereadores de R$ 12.025,00 para R$ 15.193,00, o que representa um crescimento de 26,3%. Já o futuro presidente da Câmara vai ganhar R$ 22.700,00. A propositura também implanta o 13º salário para os vereadores. O reajuste e a implantação do 13º terá um impacto de R$ 900 mil por ano.

Por sua vez, o presidente da Câmara, Pimentel Filho (PSD), disse que vai entrar na justiça contra os manifestantes por depredação ao patrimônio público. Pimentel informou, ainda, que não vai revogar o reajuste salarial que, segundo ele, foi inferior à inflação dos últimos quatro anos. Em relação à implantação do 13º, Pimentel explicou que várias Câmaras espalhadas pelo país já implantaram o benefício e que também não vai revogar.

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!