DOE

Vocalista que atuava no local que sofreu atentado em Paris defende livre acesso às armas

Jesse Hughes, vocalista dos Eagles of Death Metal, banda que atuava na sala de espetáculos Bataclan, em Paris, na noite dos ataques de 13 de novembro, defendeu em entrevista à televisão francesa iTéle que todos devem ter uma arma.

“O controle de acesso às armas na França impediu que uma pessoa sequer morresse no Bataclan? Se alguém disser que sim, gostaria de ouvir os argumentos, porque eu acredito que não. Eu acredito que a única coisa que impediu mais mortes foi a ação de alguns dos homens mais corajosos que conheci em minha vida, que enfrentaram a morte com as suas armas de fogo”. Disse. E continuou: “Creio que todos devem ter armas porque não quero que um massacre como aquele aconteça novamente, e quero que todos tenham uma chance de viver se isso acontecer. Eu vi pessoas morrendo que poderiam estar vivas. “

Com informações da RollingStone

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!