DOE

A cebola é nossa! Um exemplo da estúpida mentalidade protecionista brasileira

Os produtores de cebola da Holanda descobriram que podem ganhar mercado no Brasil porque possuem um produto mais barato.

Preocupado, o senador Fernando Bezerra Coelho resolveu ajudar o setor.

Ele quer reduzir a burocracia e/ou diminuir impostos do setor agropecuário para que os produtores rurais possam competir com os importados, incluindo os que produzem cebola, certo?

Errado! Por que fazer isto se você pode conversar com o Ministro da Agricultura para, com uma canetada, criar “barreiras tarifárias” que “protejam a produção nacional”?

Os consumidores que se danem e chorem cortando cebolas mais caras, precisamos defender a nossa cebola! A cebola é nossa!

Protecionismo serve apenas para favorecer poucos – produtores e industriais – em detrimento de muitos – consumidores que são obrigados a pagar mais caro pelo “produto nacional”. E ainda há quem defenda.

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!