DOE

Imposto de renda menor beneficiará 180 mil pessoas e subirá salários em até 22% na Argentina

Em um detalhamento do anúncio de Maurício Macri feito ontem, a subida da faixa de isenção do imposto de renda passará de 15 mil pesos para 30 mil pesos para os trabalhadores casados e com dois filhos. A reforma implicará em um aumento de 19% a 22% no dinheiro disponível nos bolsos de 180 mil trabalhadores. O teto da isenção de imposto para os trabalhadores casados e com um filho subiu para 25000 pesos brutos por mês, enquanto o teto para solteiros e sem filhos também subiu para 22656 pesos por mês. Não houve alteração nas alíquotas de imposto de renda para aqueles que continuarão pagando o imposto.

A medida terá um impacto fiscal de 49 bilhões de pesos, será válida a partir de 1° de março, sendo retroativa a 1° de janeiro. O valor será coberto pelo fim dos subsídios com energia elétrica, água e gás, bem como pelos cortes no funcionalismo público promovidos pelo governo Macri.

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!