DOE

Ministério Público investiga gestão Haddad por mortes de moradores de rua

O Ministério Público Estadual (MPE) vai apurar se houve omissão da gestão do prefeito Fernando Haddad (PT) em relação à morte de moradores de rua por causa das baixas temperaturas que atingem São Paulo. Segundo a Pastoral do Povo de Rua, que pertence à Igreja Católica, ao menos cinco pessoas morreram por causa do frio. A Guarda Civil Municipal tem seguido ordens de Haddad para roubar cobertores e colchões dos moradores de rua.

De acordo com a promotora Beatriz Helena Budin, um inquérito civil foi instaurado para apurar se a prefeitura deixou de adotar as providências necessárias para evitar as mortes, enquanto os óbitos em si serão investigados no âmbito criminal.

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!